Cabelos crespos e mistos com várias texturas podem investir no permanente

Os cabelos naturais afro e cacheados vieram para ficar. Após anos de uma moda com cabelos alisados, muitas vezes à base de procedimentos que agrediam os fios sistematicamente (como chapinhas, por exemplo), a tendência é viver a identidade natural através dos cabelos também.

Mas e quando você decide apostar num look natural cacheado, com volume, mas percebe que seu cabelo não tem definição de cachos e fica com aparência de embaraçado e sem cuidados? A solução pode ser apostar no permanente. O procedimento voltou a ser um dos queridinhos nos salões desde que o cabelo liso deixou de ser o único sonho de consumo estético.

O procedimento é a base de tioglicolato de amônio e exige alguns cuidados antes e após realizá-lo. O maior objetivo do permanente é definir os cachos, então se os seus cachos já são definidos não é um procedimento indicado para você.

Foto: Divulgação/Texugo e Cia

Para realizá-lo é importante preparar os fios durante aproximadamente um mês para garantir um resultado lindo e sem surpresas como quebra ou corte químico. Fazer um teste de mecha também é aconselhável.

Assim como em cabelos naturais, ao realizar o permanente se escolhe o tamanho do cacho: pequeno, médio ou grande. A melhor opção irá depender do tipo de fio que você naturalmente já tem e da harmonização facial, um profissional da área pode te orientar muito bem a respeito dessa escolha.

Lembra que o procedimento é feito à base de tioglicolato de amônio? Isso o torna terminantemente proibido para gestantes e lactantes. E seu cabelo tem que estar sem outras químicas, como tintura e resquícios de procedimentos anteriores, inclusive de alisamento. É aconselhável fazer um cronograma capilar de quatro semanas antes de fazer o permanente. Tudo isso para garantir que o cabelo irá aguentar o procedimento sem danos.

É importante frisar que mesmo após o procedimento o cabelo não pode receber mais química. Tintura? Só tonalizante e deixando-o agir por pouquíssimo tempo quando for realmente necessário, caso não seja crucial, melhor abolir também esse tipo de química dos seus cabelos.  O cronograma capilar deve continuar sendo feito, pois, como em qualquer processo químico os fios estarão fragilizados. Cuidado com secadores em alta temperatura o ideal é usar o difusor de ar com velocidade e temperatura reduzidos para lento e morno para ter cabelos com leveza e volume.

Mas apesar de ser um procedimento químico o resultado é super natural e leve. Seguindo as orientações e cuidados os cachos duram entre três e quatro meses e ficam lindos!

E aí? Decidiu que permanente era o que você estava procurando para o seu cabelo crespo e/ou cacheado sem definição? Procure bons profissionais para te atender e orientar a respeito e tenha os cachos definidos que você sempre sonhou. O Texugo e Cia está aqui para te atender com uma equipe de profissionais responsáveis e especializados.

1 responder

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *